Acredite no futuro!

HomeDestaquesAcredite no futuro!

Acredite no futuro!

Olá tudo bem com você! Espero que sim.

Eu quero falar para você sobre um tema muito importante nos dias atuais, em que todos nós estamos sendo forçados ao máximo, recebendo muitas informações, promovendo um efeito visível, talvez impróprio, em nossas vidas, especialmente, em nossas mentes.

Estamos sendo quase que atacados, recebendo uma quantidade de informações nunca visto antes na história, exigindo altos níveis de excelência, que por um lado traz uma busca maior pela produtividade, mas por outro lado traz também uma necessidade maior de cuidados com nossas próprias exigências pessoais em busca dessa excelência.
Muito se tem falado sobre diversos transtornos que sofremos na busca dessa perfeição contínua em nossas vidas profissionais e também na vida pessoal, nos diversos papéis que temos que cumprir. Um desses transtornos é a famosa síndrome de Burnout, que muitas pessoas têm vivenciado, fazendo relatos da grande dificuldade que ela traz e como tem buscado a superação desse obstáculo. Outros tantos tem vivido transtornos como a depressão, além de outras dificuldades físicas que a busca por mais vitórias na vida pode trazer.

O exemplo de São Paulo

Por outro lado é importante destacar que este novo tempo, com mais preocupações, mais informações, mais desafios, e muitos podem dizer ainda, com mais dificuldades, também nos traz oportunidades. Isso me faz lembrar da necessidade de olharmos para frente de continuar lutando para cumprir a nossa missão pessoal, valorizando o nosso propósito. Nesse contexto, lembro de muitos autores, inclusive de livros bíblicos. O próprio São Paulo, que empresta seu nome a uma das maiores cidades do mundo, é um super exemplo. No cumprimento da sua missão pessoal também enfrentou inúmeras dificuldades que, guardadas as devidas proporções, servem de inspiração para nós hoje. Ele também enfrentou um uma série de problemas, de lutas e dificuldades, como por exemplo os que são relatados no livro que ele escreveu aos habitantes da cidade de Corinto, exatamente o capítulo 11, a partir do verso 22, diz claramente: “eu também trabalhei muito, fui encarcerado, acorrentado mais severamente, exposto a morte repetidas vezes“, diz ainda que foi golpeado com varas, apedrejado, sofreu naufrágio, passou noite e dia exposto a fúria do mar, viajou continuamente de uma parte para outra, enfrentou o perigo nos rios, perigos de assaltantes, perigos dos próprios compatriotas, perigos dos estrangeiros, perigos na cidade, no deserto, no mar, e perigos de falsos irmãos. Vejam só quantos obstáculos! Mas ele fala ainda que trabalhou arduamente ficando sem dormir, passando fome e sede e muitas vezes em jejum, suportando o frio e até mesmo a nudez. Finaliza afirmando que enfrentou diariamente a pressão interior, se preocupando com as igrejas que ele apoiava, ou seja, com as equipes que ele liderava. Como naquela época, hoje também podemos afirmar que em todas essas lutas e adversidades há um propósito maior e é isso que eu gostaria de chamar a sua atenção. Mesmo diante de tantas dificuldades, mesmo diante de tantos desafios, depressões, de síndromes ou de momentos em que nós mesmos criamos consciente, subconsciente ou inconscientemente, devemos manter firme o nosso olhar para o futuro.

Como enxergar e manter a visão de futuro viva e cristalina, de modo a nos fazer perseverar em nossa missão pessoal?

Primeiro o senso de propósito deve ficar claro. Devemos fazer um esforço para elevar o nosso olhar e prestar atenção no que vai adiante de nós, não exatamente no próximo passo ou no próximo buraco que vai existir, mas olhando fixamente para a linha do horizonte onde de fato queremos chegar, prestando atenção no mapa e hoje em dia existem muitas ferramentas que mostram mapas atualizados em tempo real, mapas compartilhados, mapas em que há conexão com outras pessoas, tornando-os muito mais compreensíveis e confiáveis.

Valorize a sua missão

Nessa linha me lembrei de outro grande personagem bíblico, o profeta Isaías, considerado um dos maiores profetas da história. Ele chamou a atenção do povo de Israel sobre os seus próprios erros e a necessidade de buscar uma recomposição, reconhecendo o que se fez errado, ter a capacidade de olhar para trás e ajustar a vida de modo que se tenha condição de continuar olhando para a frente, alimentando uma esperança de um futuro melhor. Isso fica muito claro no capítulo 54 do livro de Isaías, em que ele diz exatamente nos versos 2 e 3 uma ordem em relação a um futuro melhor, veja: “…alargue o lugar de sua tenda, estenda bem as cortinas de sua tenda, não o impeça. Estique suas cordas, firme suas estacas, pois, você se estenderá para a direita e para a esquerda. Seus descendentes desapossarão as nações e se instalarão em suas cidades abandonadas. No verso 4 ele disse ainda: “não tenha medo! Você não sofrerá vergonha, não tema!”

Um texto brilhante que nos alimenta na visão de futuro, mesmo diante das dificuldades atuais, das incertezas políticas, dos extremos em que assistimos no mundo todo e não somente no Brasil, das fake news, diante da vulnerabilidade deste tempo, da complexidade deste tempo, das incertezas.

O pódio é seu! Fique nele!!!

A certeza que temos quando confiamos em Deus e também quando fazemos a nossa parte, planejando e deixando cada vez mais clara a nossa visão de futuro, é que há sim uma necessidade da continuidade. Quando consideramos o pequeno texto de Isaías, podemos afirmar que ele traz, na verdade, uma ordem: pense grande! Pense longe! Alargue suas fronteiras! Se prepare! Busque mais, não pare!

Eu e você temos uma grande missão para cumprir. Falo primeiro para mim mesmo, mas deixo aqui um desafio pra você que não está mais aguentando tantos obstáculos: não pare, apesar das suas dificuldades; não pare apesar das suas limitações; não pare apesar dos seus medos; não pare! Fique no seu lugar o seu lugar de honra! Fique no pódio porque este é o seu lugar! Este é o lugar que você deve aceitar para que você cumpra a missão que veio, primeiro no seu coração, mas sobretudo foi o próprio Deus quem te deu. Que Ele nos abençoe, nos guarde e nos capacite nessa jornada.

Sucesso!!!