Blog

HomeBlogA prisão da estabilidade

A prisão da estabilidade

Gregory Cajina, autor do livro “Saia da sua zona de conforto”, aos 30 anos tinha uma vida invejável. Já com esta idade tinha alcançado tudo o que uma pessoa almeja: ganhava muito dinheiro, trabalhava com executivos importantes, tinha prestígio, casado com a esposa que desejara e dirigia uma BMW. Tudo perfeito não é? Não!

0007998168Z-1280x1920Cajina descobriu que aquilo que consideramos uma vida estável pode se tornar uma prisão. Segundo Gregory, romper com a obsessão pela estabilidade é o primeiro passo para tomar as rédeas da própria vida e construir algo que seja de fato importante para cada um de nós e para o mundo em que vivemos.

Ser totalmente previsível pode enterrar talentos que você nem imagina ter. Por isso que crise significa oportunidade1, pois é na crise que afloramos nossa maior capacidade de criar, de acreditar em nossos potenciais, de transpor as dificuldades com nossa esperança, experiência, capacidade e talentos.

Realize mudanças necessárias no seu modo de viver, seja no âmbito das relações afetivas, profissionais ou da própria personalidade e veja sua vida tomando o rumo do desenfadamento, que é o antônimo de monotonia.

Inspire e se inspire nas ideias ao seu redor. Arrisque-se!

Você foi criado para uma existência com menos medo, para uma vida mais autêntica e para a liberdade da realização, saia da sua zona de conforto!

Sucesso sempre!

Andréia Alves


1 O ideograma chinês de crise é o mesmo ideograma da palavra oportunidade. Fonte: Wikipedia

[emptybox]Andreia AlvesAndréia Alves é escritora, Relações Públicas, palestrante e pesquisadora do comportamento humano. Escreve especialmente para a PJI Consulting. Motive seus funcionários. Leve uma das palestras desta autora para sua Organização, fale conosco pelo atendimento@pji.com.br [/emptybox]

[addbox]Faça o download desse artigo em pdf. [/addbox]

Reprodução permitida desde que citada a fonte e autoria.Todos os direitos reservados.