Blog

HomeBlogA importância do monólogo interior
thought-1014406_1280

A importância do monólogo interior

Há um livro na Bíblia chamado Provérbios, e no capítulo 4, verso 23 diz: “Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos”.

Através de experimentos por neuroimagens, cientistas estimam que os seres humanos pensam cerca de 70.000 vezes por dia. Isso significa que você tem 70.000 oportunidades para escolher pensar. Nossos pensamentos têm muita influência sobre como nos sentimos e como nos comportamos. Daí a importância da qualidade do nosso monólogo interior. Na verdade, o que falamos pra nós mesmos torna-se quase uma profecia, pois quando pensamos algo, sentimos o que estamos pensando e por consequência justamente o que não queremos que aconteça, acontece. Exemplo: “eu nunca vou ser contratado para esse trabalho” ou “Ninguém nunca me escuta”, o fato de falar isso pra você mesmo em forma de pensamento, já pode alterar o seu comportamento de uma maneira que faz com que essas previsões acabem acontecendo.

Há ainda mais uma história da Bíblia que diz que havia uma mulher com grande hemorragia e que dizia consigo mesmo “se eu apenas tocar em Jesus, eu serei curada”. Você pode não acreditar na Bíblia, ou talvez não crer em Jesus, mas chamo atenção para a atitude dessa mulher que foi curada porque incentivou a si mesmo a prosseguir em seu objetivo.

Você é o maior responsável pela sua vitória, se conversar com você mesmo com a gentileza e bondade que um amigo faria com você, você não desperdiçará suas 70.000 oportunidades de pensar.

Sucesso sempre!

Andréia Alves é escritora, Relações Públicas, palestrante e pesquisadora do comportamento humano. Escreve especialmente para a PJI Consulting. Motive seus funcionários. Leve uma das palestras desta autora para sua Organização, fale conosco pelo atendimento@pji.com.br

Leave a Comment